• Paula Teixeira

DIFERENCIANDO A FOME FÍSICA DA FOME EMOCIONAL

Entenda os sintomas que diferenciam sua fome!

Temos o potencial de diferenciar a fome física do comer emocional através de alguns sintomas específicos. Hoje, quero te mostrar cada um deles!

  1. Identificando a Fome Física

Em geral, a fome física é sentida pela maioria das pessoas como um vazio no estômago e é satisfeita por meio de qualquer alimento. Logo, a fome física quando não saciada, aumenta gradativamente de acordo com o tempo de espera, assim como evidencia sintomas de irritação, dores de cabeça e fraqueza.


Você talvez tenha pensamentos, emoções e sensações físicas que são familiares quando está com fome física.

Por exemplo: Quando você está trabalhando, talvez pensamentos como "Espero que chegue logo o almoço, não aguento mais ficar aqui!", "Eu preciso almoçar agora!" não pare de vir. Pensamentos assim te auxiliam na identificação da fome física, visto que pensamentos diferentes decorrem da fome emocional.


2. Identificando a Fome Emocional


Ao contrário da fome física que é sentida na região do estômago, a fome emocional é transmitida como um vazio no centro do peito ou uma ânsia que surge na região do pescoço. Geralmente, surge em qualquer momento, até mesmo quando você já finalizou a refeição, logo não é uma fome progressiva, como é o caso da fome física.

A fome emocional é satisfeita apenas com um alimento específico, em maioria de grande densidade calórica, gerando a sensação de recompensa.

Está integralmente ligada as emoções, como: ansiedade, tristeza e angústia!


Agora, se questione: Quais pensamentos, emoções e sensações são familiares pra você quando se está com fome emocional?


Para melhor te ilustrar, imagine o momento em que você acabou de almoçar, e te vem uma vontade incontrolável de comer um doce. Teoricamente, seu organismo já está satisfeito, porém você quer completar o vazio emocional, visto que acredita que seja um mecanismo de sanar esses sentimentos, trazendo por consequência a sensação de recompensa.


Conclusão


Percebeu a distinção entre os sintomas da fome física e emocional? Entenda que nem sempre que sentir uma vontade incessante de comer, é puramente fome física. Essa fome emocional está ligada diretamente a má compreensão dos seus sentimentos, em que há uma busca pela satisfação imediata através da comida, e não uma análise interna sobre aquela emoção.


Quer mais informações sobre o assunto? Abaixo, vídeo completo, com mais detalhes pra vocês!







6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo