©2019 by Dra. Paula Teixeira Mindful Eating e Autocompaixão.
Entrega Imediata

 
  • Paula Teixeira

Mindful Eating: o que enfim é isso?


Mindful eating é um estado. Não é uma dieta, pois não se trata apenas dos alimentos que você come, e sim a forma como você os come.



Mindful Eating é estar consciente momento a momento na hora em que você estiver comendo, com uma atitude intencional de uma pessoa que nunca comeu aquele alimento em cada novo bocado daquela refeição. Comer dessa maneira faz com que você adquira novas e poderosas informações internas para descobrir em você o que comer, quando comer e quando deixar de comer.


Se trata de experiências a comida na sua boca, e não só isso, mas também experienciar a comida nas sensações que forem despertadas em todo seu corpo e ainda de estar presente e curioso para os pensamentos e sentimentos que essa comida despertará em você, sejam eles bons ou ruins.


Você sabe aquela sensação que nasce na sua boca e percorre você como um todo como uma sensação de prazer e conforto depois da primeira mordida no pedaço do bolo da vó, depois da primeira colherada do brigadeiro ao final de um dia difícil, depois de comer a comida da mãe, ou o prato favorito?


Geralmente é em busca dessa primeira sensação de prazer e cuidado que estamos em busca quando entramos em episódios de ânsia por determinados alimentos, tipo os doces. Afinal imagine o seguinte sua memória efetiva tem uma forte ligação com a comida.


  • Um agrado do pai que volta do trabalho em forma de um doce

  • Uma recompensa por um bom desempenho na escola em forma de Fast Food

  • O dia permitido para tomar refrigerante e comer sobremesa é o fim de semana, logo, os alimentos calóricos são associados ao dia de lazer, ao dia que a familia está reunida, o dia que podemos nos divertir e descansar também é o dia que definimos em nossa memória quais são os alimentos “mais gostosos”


Logo, não é difícil inferir, que apesar desses alimentos também agirem nos mecanismos de prazer e recompensa do cerébro, ainda assim, o dia que você estiver cansada, triste, frustrada ou estressada e precisando de boas sensações buscará por esses alimentos.


Mindful Eating é processo de aprender a ler seu corpo e se tornar dono dessas sensações. Assim, poder retomar o prazer de comer e porque não o prazer de deixar de comer ao saber que está satisfeita. Mas também recobrar seu poder de entender que parte de você está sendo nutrida por aquele alimento e ter uma opção de realmente nutrir seu corpo e sua mente com cuidados não ligados a comida, mas as necessidades real que clamam na sua alma como descanso, amor, alegria e partilha.


Mindful eating tem como objetivo devolver sua paz de comer. Sua paz com seu corpo e com você mesmo.



Comer dessa maneira, fará você retomar o controle frente a comida, ela deixará de te dominar, pois você estará em harmonia consigo mesma e provalmente ao aprender a ter o máximo de prazer em cada mordida, sem culpa, você comerá menos.


É ainda, você descobrir prazer ao comer alimentos verdadeiros que nutrem seu corpo. É aprender a gostar do que te faz bem. Ao estar atenta ao que seu corpo está pedindo a você, aguçando seus sinais para sua fome e suas necessidades, desejos reais por alimentos verdadeiros vão brotar do centro da sua vontade. Ninguém vai mais precisar mandar você comer legumes, essa vontade vai surgir.


Provavelmente você passará a ter tanto prazer em comer o que dizem ser “ruim” como terá prazer com o que rotulam como “bom”. Estudos demonstram que comer consciente tem essa capacidade, de naturalmente fazer com que você faça melhores escolhas, porém motivadas intrinsecamente e não por uma tabela de dieta que diz o que você deve comer.


Resumindo, mindful eating é comer normal!




O QUE É COMER NORMAL?


  • Comer normal é ir para a mesa com fome e comer até que você esteja satisfeito. É ser capaz de escolher o alimento que você gosta, comê-lo e realmente obter o suficiente dele, não apenas parar de comer porque você acha que deveria.

  • Comer normal é ser capaz de pensar um pouco sobre a sua seleção de alimentos de modo a obter alimentos nutritivos, mas não ser tão cauteloso e restritivo que você perca a comida agradável.

  • Comer normal é dar a si mesmo permissão para comer, as vezes, porque está feliz, triste ou entediado, ou apenas porque o faz se sentir bem.


* Comer normal é principalmente ter três refeições por dia, ou quatro ou cinco, ou pode ser a escolha de petiscar ao longo do caminho. É deixar alguns biscoitos no prato porque você sabe que pode ter alguns novamente amanhã, ou é comer mais agora porque o gosto é tão maravilhoso.


* Comer normal é comer demais, às vezes, se sentindo muito cheio e desconfortável. E pode ser não comer o suficiente, às vezes, desejando ter tido mais.


* Comer normal é confiar no corpo para compensar os seus erros de alimentação.


* Comer normal leva um pouco do seu tempo e da sua atenção, mas mantém o seu lugar como apenas uma área importante da sua vida.


Em suma, comer normal é flexível. Ela varia em resposta a sua fome, sua agenda, sua proximidade com a comida e os seus sentimentos.” Ellyn Satter , 2009


CONCLUSÃO

Você pode reganhar tranquilidade e paz em relação a sua alimentação, ao seu corpo e ao seu caminho de cuidado de si.

6 visualizações