• Paula Teixeira

MINDFUL EATING - Prática guiada com a alimentação! Ressignificando alimentos saudáveis.


Os conceitos de Mindfulness e Mindful Eating são melhor compreendidos através da prática! E hoje, é justamente o que quero fazer com vocês.

  1. Prática guiada

Primeiramente, para que todas as sensações sejam contempladas, bebam água e façam suas necessidades fisiológicas caso sintam necessidade, a fim de iniciarem a prática confortáveis. Agora, vá até sua cozinha e procure um alimento que você considere saudável. Caso tenham vários alimentos que considere saudável, respire, traga sua atenção para o seu corpo e escolha o alimento baseado no que quer comer no presente momento.


Feche os olhos, traga sua atenção para o agora, e perceba o que acontece com o seu corpo. Antes de abrir os olhos, permita que venha a sua mente quais conceitos que você utiliza hoje para definir o que considera como alimento saudável. Então, se questione:

  1. O que você responderia?

  2. Quais dessas regras ou pensamentos você utilizou para buscar o seu alimento hoje?

  3. Como o seu corpo escolheu o alimento?

  4. Qual sabedoria você achou essa resposta?

Olhando para esse alimento na sua frente, pergunte:

  1. O que existe para ser saboreado com os seus olhos? A cor, o padrão das manchas?

  2. De que maneira o seu olhar se satisfaz com esse alimento?

Nesse momento de reflexão, toque no alimento. Sinta a textura, perceba como o seu toque se satisfaz. Feche os olhos, e leve o alimento até seu nariz, percebendo o cheiro com todo o seu corpo, resgatando memórias. Faça o seguinte questionamento:

  1. O que surge a sua mente e no seu corpo com a sensação de cheirar?

Antes de comer, deixe que o cheiro te ajude a contemplar todas as pessoas, processos, terra, sol, nutrientes, elementos da natureza envolvidos, que fizeram com que esse alimento chegasse até você. Agora, dê a primeira mordida. Note o que você sente na sua boca, e se permita notar e saborear tudo o que o alimento está te proporcionando. Avalie as partes que são boas, neutras e as que não te agradam. Perceba como se a sua boca se sente ou não satisfeita.

Em seguida, dê a segunda mordida. E avalie todos os novos sentimentos presentes na segunda experimentação, incluindo o som que o alimento faz em sua boca. Por último, escolha se quer dar continuidade ou não na refeição.


Com o alimento na mão, reflita:

  1. Como seu corpo se sente recebendo esse alimento?

  2. Como você sabe, escaneando seu corpo, se esse alimento nutriu o seu corpo?

  3. Como seu corpo recebeu esse alimento?

  4. O que disseram suas células?

Chegando ao final dessa prática, vá deixando as suas experiências, tomando algumas respirações que te ajudem a retomar para o local em que iniciou a prática. Abra os olhos!


Conclusão


Essa prática tem como intenção abranger o termo "Alimentos Saudáveis", justamente para olharmos essas palavras de maneira aberta e curiosa, conseguindo inclusive compreender nossa mentalidade enraizada da dieta.

Fazer esse exercício, com alimentos menos desafiadores, facilita na nossa compreensão do que é ou não saudável nas concepções enraizadas.


Quer mais informações sobre o assunto? Abaixo, vídeo completo, com mais detalhes pra vocês!





10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo