• Paula Teixeira

OS 6 MITOS SOBRE A AUTOCOMPAIXÃO!



Muitas pessoas acham que a autocompaixão é "passar a mão na cabeça" e se autodeclarar como vítima. Na realidade, é justamente o contrário! A autocompaixão é força e potencia para lidar com os desafios!

Hoje quero esclarecer com vocês 6 mitos sobre a AUTOCOMPAIXÃO.


  1. O que é a AUTOCOMPAIXÃO?

A autocompaixão não é necessariamente o amor. O amor ao corpo e a si mesmo pode surgir por meio da autocompaixão, mas ela é, a priori, o ato de oferecer cuidado e atenção em um momento de sofrimento. Em suma, o desejo genuíno de aliviar a dor, quando percebemos que ela está presente!


2. Os 6 Mitos sobre a Autocompaixão

  • A autocompaixão é uma forma de piedade.

A autocompaixão é força e potencia pra poder me dar o que eu necessito. Ela identifica a dor, e tem o intuito genuíno de cuidar verdadeiramente desse sofrimento. Nos oferecemos conforto e cuidado, porque estamos sofrendo!

Vamos ao exemplo:

Você está mexendo no celular enquanto está dirigindo, e acaba batendo o carro.

  • O que a autocompaixão NÃO faria: "Ah, pobre de mim, bati o carro!"

  • O que a autocompaixão faria: "Nossa, infelizmente bati o carro, da próxima vez não posso mexer no celular enquanto eu dirijo! Agora preciso fazer os procedimentos necessários, e tudo isso irá passar!"


  • A autocompaixão é fraca

Na realidade, a autocompaixão tem muito mais relação com a força! A autocompaixão nos fornece meios para termos mais autoresponsabilidade, por estarmos do nosso lado segurando a nossa própria mão, e isso nos ajuda nos desafios do dia a dia.


  • A autocompaixão é egoísta

Será mesmo? Definimos como compaixão a necessidade de ajudar um indivíduo em sofrimento. Já a autocompaixão ocorre quando observo meu sofrimento, desejando de forma genuína me ajudar. Logo, a autocompaixão nos inclui no nosso círculo compassivo!


  • A autocompaixão é autoindulgência

A indulgência caracteriza-se pela permissão em fazer tudo o que quer. Não é assim que funciona a autocompaixão!

A autocompaixão nos oferece a segurança necessária para conseguirmos nos abrir em meio as nossas falhas, e assim melhorarmos em meio a essa circunstância.

Como vou me acolher, sem me criticar de maneira consciente?


  • A autocompaixão é uma forma de dar desculpas

Muito pelo contrário, a autocompaixão nos ajuda a ter a força necessária para admitir nossas falhas e erros. Nos acolhemos para aprendermos com os nossos erros, e assim mudar. Logo, ela nos permite ter espaço para analisar com franqueza, gentileza e amorosidade nossos erros, e transitar rumo a mudança.


  • A autocompaixão mina a motivação

A autocompaixão faz com que nossa motivação CORRETA floresça!

Nos motivamos com amorosidade e entusiasmo, por meio de palavras como:

  • "Eu acredito em você!"

  • "A gente vai conseguir!"

  • "Amanhã é um outro dia!"

De acordo com estudos, pessoas autocompassivas tem maiores chances de persistirem em seus objetivos, tendo consideravelmente, menos desistências e recaídas. Essa é a beleza da autocompaixão!


Quer mais informações sobre o assunto? Abaixo, vídeo completo, com mais detalhes pra vocês!




20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo