• Paula Teixeira

TÉCNICA ESCANEAMENTO CORPORAL - Prática Guiada ✨



Na prática do escaneamento corporal a âncora para manter a atenção e a consciência plena no momento presente são as sensações de cada parte do nosso corpo, que são exploradas de maneira detalhada, integral e progressiva durante a técnica.


Ainda para aqueles que estão buscando melhorar a alimentação, essa prática é essencial para se apropriar novamente e se familiarizar com as sensações do nosso organismo. O que vai nos ajudar com o tempo a perceber melhor as sensações de fome e saciedade no corpo.


  1. Prática Guiada

Com os olhos fechados, imagine que está escaneando todo o seu corpo, como uma LUZ, para a condução do Mindfulness e da Consciência Plena. O escaneamento pode ser iniciado pela cabeça, ou pelo pé. Geralmente, quando se inicia pela cabeça, pode haver uma maior sensação de relaxamento e talvez isso te induza ao sono.


A técnica pode ser realizada na posição em que se sentir mais confortável, mas é comumente indicada para aplicar na horizontal (deitada).


A temperatura corporal pode cair um pouco, então se preferir, deixe um cobertor próximo à você.


Agora, imagine seu corpo sendo totalmente sustentado pelo planeta terra, não impondo nenhum tipo de resistência a esse fato. Se estiver na posição deitada, deixe os braços e mãos posicionados ao redor do corpo, as palmas da mão voltadas para cima, as pernas alongadas, com os pés levemente inclinados.


Respire suavemente.

Nesse momento, apenas observe sua respiração, percebendo o movimento do seu abdome na inspiração e na expiração.


Decida se irá começar a prática pela cabeça ou pelos pés, de acordo com o seu conforto e necessidade.


Explore as sensações e temperatura dos seus pés. Primeiro do pé direito, em seguida do pé esquerdo, escaneando lenta e detalhadamente a planta e o dorso do pé, incluindo também os dedos. Suba e continue explorando, agora notando as suas pernas. A perna direita e a perna esquerda. Observe se existe alguma sensação no seu corpo. Dor, formigamento, estranheza.


Perceba agora seus joelhos, e continue subindo com o escaneamento. Imagine a luz do Mindfulness subindo pelo seu corpo. Note as sensações na parte de baixo das suas pernas e continue subindo! Note agora sua cocha direita e esquerda. Avalie as sensações e a temperatura. Se observar nesse momento alguma tensão ou dor em uma região específica do seu corpo, explore mais de perto a natureza dessa tensão ou dor. Você pode imaginar que as mesmas estão se suavizando enquanto você as explora, levando a inspiração e o ar até esse local e expirando pra fora dessa região. Não julgue o desconforto, apenas permaneça com ele, só observando atentamente. Caso não deseje mais ficar nessa área, ou não sinta mais nenhuma tensão, volte novamente sua atenção à suas cochas, e continue o escaneamento de maneira ascendente.


Note seus ossos em contato com a cama. Sua pelve como um todo, os seus órgãos pélvicos. Observe as sensações e temperatura. Continue subindo, note o seu abdome como um todo, e imagine novamente esse scanner do Mindfulness subindo, percebendo todos os seus órgãos internos. Fígado, rins e toda a sua barriga que nesse momento está subindo e descendo com a sua respiração.

Existe alguma tensão? Algum desconforto? Alguma sensação que possa nomear? Frio? Calor? Cócegas?


Esse scanner continua subindo! Note seu tórax e seu pulmão, enchendo e esvaziando conforme você respira. Observe seu esôfago, sua traqueia. Sinta o ar entrando e saindo, percorrendo todo caminho até o pulmão. Analise suas mãos, esquerda e direita, observando cada dedo. Quais são as sensações e a temperatura? Está sentindo formigamento?


Note aonde está a sua mente e a traga novamente para a observação, sem julgamentos, de maneira gentil. Entenda que esse é o movimento natural da mente!


Suba para o pulso direito e esquerdo, braço e antebraço esquerdo e direito, ombros, cintura escapular. Observe como seus ombros levantam e se abaixam conforme você respira. Analise seu queixo, bocas, dentes, língua, gengiva, nariz, olhos e testa . Quais são as sensações e sentimentos que estão presentes agora?


Note seu corpo como um todo, como uma unidade.


Antes de encerrar essa prática, leve alguns instantes trazendo sua consciência para a sua respiração e permita que o seu corpo faça os movimentos que está necessitando. Isso pode te auxiliar nessa fase de transição, a fim de se beneficiar da prática por um tempo mais prolongado.

Aos poucos, vá trazendo sua atenção novamente para o ambiente, e assim que se sentir confortável, abra os olhos.


Quer mais informações sobre o assunto? Abaixo, vídeo completo, com mais detalhes pra vocês!





2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo